Vale do Vézère: Uma Viagem de Volta à Pré-História

Photography of Lascaux animal painting {| cell...

Fotografia de animais pintados na caverna de Lascaux, França ©Wikipedia

A Unesco incluiu essa região francesa na lista de Patrimônios da Humanidade pela sua coleção de 25 cavernas decoradas e 147 lugares pré-históricos que datam do período paleolítico.

Muitos dos achados históricos acontecem por acaso, e não poderia sem diferente com Lascaux. Foi assim, por acidente, que quatro garotos caçando um cachorro encontraram um dos lugares pré-históricos mais extraordinários do mundo: as cavernas de Lascaux. O seu teto dá vida a mais de 600 figuras pintadas em  15.000 antes de Cristo, usando uma paleta de misturas de tons negro, vermelho e amarelo. Por essa razão, Lascaux ficou conhecida como a “Capela Sistina da Arte Pré-Histórica”.

Os pequenos exploradores que descobriram a caverna prometeram jamais revelar o segredo  enquanto vivessem. No entanto, para nossa sorte, como bons adolescentes que gostam de se orgulhar das suas conquistas, no dia seguinte comunicaram a cidade sobre a maravilha que jazia sob os seus pés.

Aberto ao público em 1948, milhares de pessoas tiveram a chance de visitar a caverna diariamente, trazendo consigo microorganismos e dióxico de carbono. Toxinas que pouco a pouco cobriram as pinturas de musgo e calcita.   Por essa razão, o acesso a Lascaux foi fechado permanentemente para visitantes em 1963. Atualmente, os turistas visitam uma réplica da caverna, construída a 200 metros da principal. No entanto, a  cópia é tão  cuidadosamente decorada, reproduzindo 90 porcento das pinturas de Lascaux, que ninguém põe em prova a sua atenticidade.

As figuras mostram, em sua maioria, animais e símbolos, mas revelam também um grande número de detalhes, cores e técnicas de desenho que chamam a atenção considerando o período em que foram pintadas. Num muro, uma sequência da cavalos ilustram uma cavalgada. Em outro setor, os diferentes relevos da parede foram usado para dar perspectiva e retratar a ilustração de um cavalo tridimensional. Enquando o corpo reposa no fundo, uma das suas pernas se destaca no relevo frontal. A caverna também contém adornos que retratam toros em seu tamanho real e bisontes desenhados com grande detalhe.

Perto de Lascaux, uma visita a  Grotte de Font-de-Gaume representa uma das últimas chances de ver a arte pré-histórica em seu lugar de origem.  Embora os turistas só possam apreciar 30 das 250 pinturas, a visita a esse templo da Era do Gelo adornado por mamutes, cavalos,. Although tourists can only observe 30 out of 250 paintings, the visit to this temple of Ice Age of mammoths, horses, veados e rinocerontes vale a pena. Lembre-se que apenas 200 visitantes podem disfrutar do passeio diariamente, por isso agende sua visita com antecipação ligando para: +33 (0) 5.53.06.86.00.

Château-falaise

Château-falaise

Unesco incluiu o vale do Vézère na lista de Patrimônios da Humanida por causa do impressionante variedade de 25 cavernas decoradas e 147 lugares pré-históricos datando do período Paleolítico. Incluindo um edifício cuja arquitetura é intrigante, uma vez que ele é totalmente embutido numa pedra.  Visto do lado de fora, a  Maison Forte de Reignac parece qualquer outro castelo da região. No entanto, sua construção impressionante usou as galerias naturais formadas na falésia para construir salas em diferentes níveis.

Fechada para o público até 2006 para a exploração científica e arqueológica, o  Château-falaise é atualmente um museu onde os turistas podem verificar os artefatos deixados pelos homens pré-históricos há 20.000 anos no local, bem como visitar os quartos decorados pelos seus posteriores habitantes há 200 anos  atrás. Além de reproduzir a cozinha, quartos e uma capela, o edifício recorda espaços usados para práticas terríveis, como uma diminuta cela para um prisioneiro, ou uma sala onde o senhor do castelo usava o seu “direito da primeira noite”, que consistia em forçar a qualquer mulher da aldeia a dormir com ele antes de consumar o  seu casamento.

Lar do troglodita

viagem barato mochileiroNão muito longe da Maison Forte de Reignac, você encontrará La Roque Saint-Cristophe, outro grupo de terraças esculpidas em um penhasco que os homens de Neandertal usaram como como abrigo há mais de 55.000 anos. No entanto, não foi até a Idade Média que este lugar viveu o seu período mais fértil. Milhares de pessoas passaram a viver nessas covas quando o Bispo de Périgueux mandou construir uma fortaleza para proteger a população contra os ataques comuns dos Vikings.

A visita completa dura cinco horas, porém, devido aos graves danos a sua estrutura, os visitantes só podem desfrutar do tour de 45 minutos, que recria vários ambientes do assentamento da Idade Média, como uma capela, um cemitério, o matadouro e os postos de defesa.

Para mais informações sobre as cavernas e assentamentos, visite a  vila de Elyzies-de-Toyac, onde você pode conseguir alguns folhetos turísticos e se informar sobre excursões no postos de turismo, além de visitar o Museu Nacional de Pré-história e ver de pertinho outras moradias esculpidas na falésia.

A melhor época para visitar o Vale de Vézer 

Não agende a sua visita para janeiro, porque a maioria das atrações estarão fechadas. Também não se esqueça de checar os horários de visita, uma vez que estes mudam de acordo com as estações do ano.

Lascaux II abre de novembro a março, de 10 da manhã às 12:30 e novamente das 14h às 17h30, fechando na Segunda-feira. Em abril, maio, setembro e outubro, abre das 9h30 até as 18 todos os dias. Durante julho e agosto, a caverna estará aberta das 9 da manhã às 19h todos os dias.

A Maison Forte de Reignac abre em fevereiro, março, outubro, novembro e durante o feriado do natal e ano-novo das 10 da manhã até às 18h. Em abril, das 10 da manhã até às 18h30; em maio, junho e setembro das 10 da manhã até às 19h e em julho e agosto das 10 da manhã até às 20h.

La Roque Saint-Cristophe abre em fevereiro, março, outubro e até o dia 11 de novembro das 10 da manhã até às 18h30; do dia 12 de novembro até 31 de janeiro, abre das 14h até às 17h;  em abril, junho e setembro, das 10 da manhã até às 18h30 e em julho e agosto das 10 da manhã até 20h.

A Grotte de Font-de-Gaume  abre diariamente de março a outubro das 9h30 da manhã até o meio-dia e das 14 às 17h30, com exceção das quartas-feiras; em abril a setembro das 9 da manhã até o meio-dia e das 14h às 18h. Em novembro até fevereiro, das 10 da manhã até o meio-dia e das 14h até às 17h.

Escrito por Mariana Nissen

Advertisements

3 responses to “Vale do Vézère: Uma Viagem de Volta à Pré-História

    • Fabiana, depende do que você queira fazer e quanto esteja disposta a aproveitar desse passeio mais bucólico. Além dos castelos e grutas – muitas as quais não visitamos – há também várias atividades ao ar-livre, com passeios em bicleta ou canoagem, se você curte. Para conhecer o que eu menciono no post, você precisaria de 3 a 4 dias e um olho no relógio para não perder muito tempo, já que todos os lugares são pertos, mas se gasta algum tempo em deslocamento de um lugar para o outro. Sorte com a viagem!

  1. Mariana
    Li um depoimento seu em um Blog, em que relata um problema que teve com o VTM BB. Como tive um problema semelhante em 2014, tive curiosidade de perguntar em que época que ocorreu contigo. No meu caso consegui receber o correspondente em reais de volta sem perda cambial, mas entrei na justiça e estou para receber uma indenização do Banco. Entrei também no Min Publico solicitando a interdição deste serviço, para evitar que outras pessoas passem pelo que passei. Estou produzindo uma réplica ao Min Público e seria interessante saber quando ocorreu contigo. No aguardo de um retorno: ilvandro@hotmail.com

    Abraço forte!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s