Europa mais baratinha

Euro_blogDurante minhas andanças por esse mundo, colecionei algumas referências de como viajar bastante sem estourar a conta do cartão de crédito. Não há muito mistério: a regra de ouro se encontra em passar horas na Internet e planejar com bastante antecipação.  Parece missão impossível e perda de tempo, mas não é. Com essas dicas abaixo de viagens para a Europa, posso garantir que o seu bolso vai agradecer na próxima vez que você passear pelo velho continente.

1. Viaje em temporada baixa ou média.

Tenho certeza que muito de nós sonhamos em curtir o tão famoso verão europeu, ou aproveitar as festas de fim de ano para se auto-presentear com uma escapada ao velho continente. Sem falar que é muito conveniente aproveitar as longas férias escolares para colocar a mochila nas costas e saltar de um país ao outro. Mas confie em mim. Viajar em dezembro, junho, julho e agosto (e parcialmente em setembro) e datas comemorativas como a semana santa, vão levar os seus gastos para a estratosfera e seu sonho virará um pesadelo em menos de uma semana de viagem. Uma passagem que custa 640 euros em abril custará o dobro em agosto.

Há outras vantagens de viajar fora de época. Além de ser mais barato, ao viajar em abril, maio e outubro você encontrará temperaturas muito mais agradáveis e principalmente nos meses de primavera verá parques e jardins floridos e uma paisagem encantadora.

2. Compare preços de passagens de avião: Para ir para a Europa e viajar entre países vale à pena comparar preços usando diferentes portais de viagem (ver lista mais abaixo). Mesmo sites com o mesmo domínio – por exemplo, edreams ou expedia – oferecem preços diferentes em seu portal francês ou espanhol, por exemplo, então faça uma comparação entre eles antes de tomar a decisão final.

3. Compre um passe de trem. Se você planeja visitar o máximo de destinos possíveis, em diferentes países europeus, vale consultar o site do www.eurorail.com e comprar um Eurorail Global Pass. O preço é salgado, mas ao comprar o passe, você pode viajar grátis através e entre 21 países. Se você, como eu, consegue dormir em transportes públicos, viajar nos trens noturnos significa adicionalmente economizar noites em albergues e hotéis.

4. Considere viajar em ônibus. Os serviços de ônibus da Europa deixam muito a desejar comparado com os brasileiros. São apertados e não oferecem nenhum tipo de entretenimento ou assistência especial, com alguém para colocar as malas no bagageiro ou café e água, com algumas empresas em nosso país. No entanto, para viagens curtas, recomendo esse serviço, que geralmente é muito mais barato que o transporte ferroviário.

Para viagens entre países europeus, cheque o site da Eurolines. O serviço de transporte mais parece uma linha de metrô intercontinental, que vai parando em vários países distintos europeus, deixando e recolhendo passageiros em várias cidades, o que é bem irritante, principalmente se você estiver esperando fora da parada inicial. Em Utrech, na Holanda, fiquei mais de 2 horas de noite, do lado de fora da estação de trem, esperando o ônibus chegar. Atrasos são comuns, mas os excelentes preços compensam, principalmente porque muitas vezes entre um destino e outro não há passageiros suficientes e você acabará pagando o preço por um assento, mas viajando em dois.

5. Faça várias combinações de circuitos para ver qual opção será mais barata: Muitas companhias áreas low costs não estão necessariamente localizadas nas principais cidades, assim que às vezes vale à pena incluir um destino adicional no circuito original para conseguir uma melhor oferta. Ryanair e Easyjet, por exemplo, possibilitam que você coloque a cidade de origem e compare preços para diferentes destinos, alguns que você com certeza não tinha sonhado em conhecer, mas que são lugares cheios de cultura e história que valem a pena incluir no seu roteiro. Além disso, muitas vezes fica mais barato fazer Madrid-Londres-Barcelona, por exemplo, que viajar em trem, ônibus ou avião entre as duas cidades.

Jogue também com o calendário. Voar no final de semana geralmente é muito mais caro que voar numa terça-feira, por exemplo.

6. Durma num sofá. Não é brincadeira. Existe um site de Internet, chamado Couch Surfing, em que pessoas de diferentes países oferecem o sofá da sua sala para completos estranhos, sem cobrar nada pelo serviço. Além de ter um lugar grátis para dormir, o viajante pode praticar um idioma, economizar comendo em casa, aprender costumes locais e obter dicas preciosas da cultura, história e atividades da cidade que está visitando. http://www.couchsurfing.org/

7. Alugue um estúdio ou apartamento. Em muitas capitais é possível alugar estúdios ou menos apartamentos por curto tempo e mais barato que um quarto de albergue.  Mesmo que seja um pouco mais caro, pense na economia que poderá fazer ao poder tomar um café da manhã e comer em casa.

www.holiday-home-rentals.co.uk

http://www.cosyrentals.com

8. Fique num albergue. Os albergues na Europa não são apenas para os mochileiros. Existem muitos hoje em dia que se assemelham bastante a um hotel de duas estrelas, ou seja, oferecem o suficiente para este tipo de viagem: uma cama e banheiro limpos. Muitos albergues eram casas e edifícios históricos, bem localizados nos centros da cidade ou em seu burburinho.  Nesses sites, você poderá comparar várias ofertas, ler a descrição detalhada de cada estabelecimento e fazer a sua reserva online.

www.hostelbookers.com

http://www.hostelworld.co

9. Museus e atrações de graça. Muitos museus são grátis ou oferecem um dia gratuito uma vez por semana ou mês. Além disso, em Berlim, Londres e Paris, por exemplo, você encontrá “free walking tours” grátis ou bem baratinhos. Como real pagamento por esses serviços os guias pedem uma contribuição voluntaria no final do passeio de cada participante. Sem dúvida é a melhor forma de conhecer melhor a história da cidade e passar por lugares importantes que nas suas andanças sozinho passariam despercebidos.  Graças a um desses tours, passei durante minha visita a Berlim pelo antigo lugar em que se encontrava o bunker onde Hitler viveu os últimos dias da sua vida. Transformado em parque, o bunker hoje é um parquinho para crianças, sem nenhuma indicação sobre o seu passado para que não se transforme em centro de encontro para movimentos neo-nazistas.

Algumas dicas:

Espanha: O Reina Sofia é grátis no sábado à tarde e o Padro nos domingos.

Inglaterra: A maioria dos museus em Londres são grátis, entre eles o British Museum e Tate Museum.

Você encontrará free walking tours em Madrid, Amsterdam, Berlin, Bruxelas, Dublin, Ediburgo, Hamburgo, Londres, Munique e Paris.  Para mais informação sobre os pontos de encontro, consulte: http://www.neweuropetours.eu/concept.htm

10. Descole dicas em guias de viagem: Eu aconselho comprar um bom guia de viagens – de preferência da série Lonely Planet ou Let’s Go, se a sua intenção é viajar como mochileiro ou sem muito conforto. Na Europa ou nos Estados Unidos, um guia completo de toda a Europa custa em média entre 20-30 dólares. No entanto, no Brasil eles custam o olho da cara. Meu conselho? Visite uma livraria Saraiva, Travessa, Siciliano ou Fnac, e faça uma consulta, principalmente na seção de alojamento. Esses guias incluem o nome de alguns estabelecimentos que não se encontram online. Fora isso, sempre trazem dicas úteis que te ajudarão a planejar melhor, ganhar tempo durante a sua viagem e com isso não perder um valioso tempo decidindo o que você quer fazer pagando em euros.

11. E, muito importante: Pague todas as despesas antes de sair do Brasil: Tente não acumular gastos e comprar (e pagar) todas as suas despesas pré-planejadas antes de sair do Brasil. Se pode, compre a sua passagem à Europa em parcelas que vençam antes da data da viagem, ou então pague ao vivo. É inevitável que durante a sua viagem você tenha gastos imprevistos, com presentes, passeios ou simplesmente uma lembrança do seu lugar favorito, por isso tente ir com o seu cartão zerado para não ter grandes surpresas quando receba a sua próxima conta.

Lista de sites úteis para reservar a sua passagem.

www.edreams.es (.fr)

www.opodo.es

www.rumbo.com

www.easyjet.com

www.ryanair.com

www.expedia.es (.fr)

www.lastminute.co.uk (para vôos de e para o Reino Unido)

http://www.kayak.com

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s